quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

mulher

(removido)

9 comentários:

Fred Matos disse...

Todos os textos são ótimos, Priscila.
Vontade até de comentar em todos, mas ficaria repetitivo, porque quando deparo com textos assim meu vocabulário tem uma só palavra: maravilha.
Beijos

BAR DO BARDO disse...

Os movimentos - dolorosos...

Mai disse...

É, Priscila, talvez tudo passe mesmo...Pior são aqueles casos em que a mulher deita-se com quase tudo e quase nada de um dia.

Um texto de verdade.
Beijos, querida.

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

"não sou mais aquele cara " e vem o tempo e acaba com tudo e nos revela nus, não nus como chegamos ao mundo. nus como nos modelamos a nossa maldita vida cotidiana

Geraldo de Barros disse...

Priscila, como sempre encantando na escrita, fiquei um tempo fora do ar, agora estou voltando a tocar o chão, mas textos como esses seus me deixam com o passo leve, parabéns!
Beijos.

Geraldo de Barros disse...

Priscila, como sempre encantando na escrita, fiquei um tempo fora do ar, agora estou voltando a tocar o chão, mas textos como esses seus me deixam com o passo leve, parabéns!
Beijos.

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Pois é Priscila, tudo muda e nós vamos mudando com esse tudo:Chega uma altura em que só sabemos recordar o passado,o ínício,altura em que tudo era novo e divertido. Passam-se os anos,a gente se acomoda e a rotina se instala. Nos relacionamentos isso é terrivel; deixa-se o namoro, esquecemos as palavras bonitas, as músicas que nos encantavam.Tudo fica para trás...não se namora, não se houve música, fala-se o estritamente necessário; instala-se a rotina e o hábito de termos aquela pessoa compo companhia; já faz parte da casa, da vida. É triste, mas infelizmente é assim. Culpa de quem? De nós que não soubemos impedir que a vida perdesse a graça. Um beijinho amiga e vou lá...tentar que a minha recupere o colorido; está como o tempo...nublosa....
Emília

Cynthia Lopes disse...

Oi Pri,
muito mais muito bom texto mesmo.
a descrição do que já não é mais, da casa e da alma. Gostei demais e o final tá um grande barato. bjs

minalopes disse...

Oi!
O mundo é composto de mudança.Tudo é bom ,tudo desvanece.
'E como um rio doce e calmo , enquanto não chega ao mar!
Até breve
Herminia
comecardenovopt.blogspot.com